Informação

RASbóticas: Empoderando e Desenvolvendo Mulheres

Em pleno ano de 2020, ainda é perceptível a predominância masculina nos âmbitos que se referem ao STEM (ensino de ciências, tecnologia, engenharia e matemática) e à atuação na área tecnológica. Desse modo, pensando nesse contexto e com o intuito de desenvolver mulheres e encorajá-las no espaço da tecnologia, o IEEE RAS UFCG formou o RASbóticas e hoje você terá a oportunidade de conhecer mais sobre esse projeto. 

Iniciado em julho deste ano, o projeto RASbóticas foi desenvolvido como um espaço para incentivar à participação feminina na área da tecnologia e estimulá-las a contribuir nesse campo, mostrando que as mulheres são capazes de atuar quando e onde quiserem. Além disso, ele também serve como uma rede de apoio dentro da graduação, fazendo com que as integrantes se sintam acolhidas e apoiadas umas pelas outras.

Sendo coordenado por três mulheres incríveis, Larissa Teixeira, Marina Oliveira e Sabrina Cardoso são a linha de frente do projeto, que conta ainda com uma equipe maravilhosa de voluntárias da RAS, tendo todas suas singularidades e o ponto em comum mais importante: o objetivo de atuar no campo da tecnologia e conseguir conquistar o seu espaço devido ao seu esforço, capacidade, mérito e reconhecimento.  

E tendo como metodologia o conhecimento e aplicações de diferentes conteúdos atrelados à robótica, eletrônica e programação, além de um momento inspiração, no qual as participantes apresentam mulheres que contribuíram para a história e que podem ser vistas como incentivo durante a trajetória de cada uma, e isso tudo sendo abordado em encontros realizados semanalmente.

Por fim, adiciono também que o desenvolvimento e o empoderamento de mulheres trabalhados desde então são pontos totalmente relevantes e extremamente úteis, que com certeza marcaram e ainda irão marcar a trajetória de muitas mulheres incríveis que participem desta história chamada RASbóticas. Um projeto feito por mulheres e para mulheres.

 

Postagem escrita pela voluntária do Capítulo Tâmara Ruth.